lunes, 26 de septiembre de 2016

2012 - JORGE AMADO - 100 anos




 “Meu querido Caetano era como filho para o papai, que o chamava ‘Caetano de Matos Castro Alves’, uma mistura de Gregório de Matos com Castro Alves!”
[Paloma Amado, 4/8/2012]





Centenário de Jorge Amado – Festival Amar Amado
Realizamos em parceria com a prefeitura municipal de Ilhéus e o Governo do Estado da Bahia a mais importante homenagem ao saudoso Jorge Amado, que completaria 100 anos na ocasião. Um Festival completo com Teatro, Cinema, Feira Literária, Festival Gastronômico e Shows Musicais com nomes do porte de Caetano Veloso, Moraes Moreira, Famíla Caymmi e Margareth Menezes, com o palco montado em frente ao Bar Vesúvio, eternizado na obra do escritor no clássico ‘’Gabriela’’. O evento contou com o patrocínio de empresas como SKY, Banco do Nordeste, Embasa e Desenbahia.


10/8/2012 - Show em homenagem a Jorge Amado

Local: Praça da Catedral
Show voz e violão
 

Caetano Veloso dá hoje concerto gratuito na homenagem a Jorge Amado em Ilhéus (Bahia)


No dia em que se assinala o centenário sobre o nascimento do escritor baiano Jorge Amado, Caetano Veloso, cantor também baiano, vai dar um concerto de graça na Praça da Catedral, em Ilhéus, no sul do estado brasileiro, onde se situa o bar Vesúvio, imortalizado pelo escritor em obras como “Gabriela Cravo e Canela”.
'A luz de Tieta' e 'Milagres do povo' vão estar no programa que Caetano Veloso vai interpretar, com o seu violão, bem como “Você é linda” e “Sozinho”, noticia a “Globo”.
As celebrações do centenário de Jorge Amado “Festival Amar Amado” começaram no sábado, dia 4 de Agosto, em Ilhéus, onde o escritor viveu a sua infância e vão prolongar-se até domingo, dia 12, com exposições, encontros entre artistas, e o concerto de Caetano Veloso.
Ilhéus permite visitar ícones dos romances de Jorge Amado, desde o café Vesúvio, epicentro do romance “Gabriela, Cravo e Canela”, ao Bataclã, bem como ver que a cidade assumiu o escritor como inspiração para quase tudo, desde ruas, a lojas, restaurantes.
As referências à obra de Amado são uma constante. Por exemplo, chamara “Gabriela” a uma mulher, é estar a dizer-lhe que ela é bonita.
  

Caetano Veloso faz show em Ilhéus em homenagem a Jorge Amado

Do UOL, em São Paulo
11/8/2012

O cantor Caetano Veloso realizou um show gratuito em homenagem ao escritor Jorge Amado no Centro Histórico de Ilhéus, na Bahia, na última sexta-feira (11). O palco do evento foi montado em frente ao bar Vesúvio, famoso cenário do romance "Gabriela Cravo e Canela".

A mulher do cantor, a produtora Paula Lavigne, publicou em sua conta no Twitter um vídeo do show, com a legenda: "Milagres Do Povo: e os Baianos comemoram os 100 anos de Jorge Amado! Salve Jorge!"

O escritor baiano está sendo homenageado no centenário de nascimento com uma extensa programação de teatro, literatura, música, gastronomia, cinema, dança e artes plásticas e visuais em Ilhéus, cidade onde passou a infância e parte da adolescência.

"A ideia é marcar a data realizando diversas atividades à altura do homenageado”, disse Maurício Corso, presidente da Fundação Cultural de Ilhéus e um dos organizadores do evento.

Além de Caetano, estão programados shows de Moraes Moreira, Margareth Menezes e família Caymmi.

 

 
Caetano Veloso em show imperdível e histórico em Ilhéus - Foto José Nazal



 







10/8/2012
Léo Santana, do Parangolé, visita Camarim de Caetano Veloso
Cantor fez apresentação em homenagem a Jorge Amado em Ilhéus, nesta sexta-feira, 10.
Do EGO, em São Paulo

Na noite desta sexta-feira, 10, Léo Santana, do grupo Parangolé, esteve em Ilhéus para assistir à apresentação de Caetano Veloso em homenagem a Jorge Amado, que estaria completando 100 anos.
Léo visitou o camarim do cantor e aproveitou para garantir uma foto ao lado do ídolo.